fbpx

Integração cooperativista é olhar para o futuro

O dia 5 de março é uma data especial para a Confebras porque levamos adiante a missão do cooperativismo na sua essência. É o Dia da Integração Cooperativista: um momento importante para destacarmos um dos valores natos do nosso movimento. 

A integração está intimamente ligada ao ato de cooperar: quando pessoas se associam para criar uma cooperativa; no momento em que as cooperativas se unem para traçar objetivos comuns; na ocasião em que percebem a possibilidade de intercooperar, no mesmo ramo ou desempenhando atividades cooperativistas diferentes.  

Aliás, a intercooperação é uma versão da integração cooperativista que pode dar enorme escala e sustentabilidade às cooperativas, mudando o cenário de crescimento, bem como a amplitude da visão em curto, médio e longo prazos. 

A Confebras assume a intercooperação como missão e realiza esse propósito na prática, como entidade suprassistêmica do Cooperativismo de Crédito. Seja representando suas filiadas ou contribuindo com a formação e aprimoramento de lideranças, temos vocação única para intercooperar. 

Nosso presidente, Moacir Krambeck, é um reconhecido defensor da intercooperação, condição que o credencia para ser o atual coordenador do Comitê Estratégico de Intercooperação do CECO (Conselho Consultivo Nacional do Ramo Crédito).  

“As cooperativas existem pela união das pessoas e a intercooperação é a soma de todas as cooperativas, se ajudando através das experiências, aprendizados e operações realizadas com uma só infraestrutura. As cooperativas têm a missão de levar aos seus cooperados educação, custos menores e isso só será possível através da intercooperação”, defende o presidente.

 

Intercooperar na prática 

Para ajudar nossas filiadas a entender melhor o funcionamento da intercooperação, trazemos algumas sugestões de como aplicar o sexto princípio cooperativista: 

  • Na intercooperação vertical, instituições do mesmo ramo se aliam e formam uma central. É uma estratégia que permite consolidar a marca, potencializando resultados, alcance e impacto comunitário; 
  • Quando cooperativas de diferentes áreas se unem, temos a intercooperação horizontal. É um caminho em que uma instituição incrementa e reforça o trabalho e os serviços de outra, tornando a atuação muito mais forte e dinâmica. 
  • Acontece a intercooperação transversal quando sistemas diferentes cooperam para realizar projetos de interesse comum.

Que o Dia da Integração Cooperativista seja um estímulo e uma inspiração para a promoção da intercooperação na sua cooperativa! 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?



    Receba nosso conteúdo por e-mail

    Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
    ©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS