fbpx

Você já ouviu falar de Futuros Plurais e Essência Humana?

Já falamos por aqui sobre dois dos pilares que sustentam o 14º Concred: Cenários Globais e Ambidestria Organizacional.  

Agora, vamos nos aprofundar nos outros dois conceitos que irão direcionar a programação do evento neste ano.  

Os eixos Futuros Plurais e Essência Humana, de certa forma, estão interligados, pois abordam justamente a necessidade das pessoas se adaptarem às transformações e de terem um olhar humanizado, em tempos que exigem um novo posicionamento nos modelos de negócios e nas relações de trabalho.  

Essa visão direcionada especialmente às necessidades do cooperativismo financeiro, mas aderente aos desafios de outros ramos, será transmitida durante o congresso. O objetivo é possibilitar aos agentes do setor o alinhamento desses pensamentos, assumindo o protagonismo em estratégias, atitudes e ações. 

Promover as transformações hoje, oferece condições para antecipar a construção de um futuro em que o sucesso dos negócios venha, principalmente, pelo bem-estar das pessoas. 

Confira mais detalhes do que se tratam esses dois eixos: 

Futuros plurais 

Esse pilar está pautado na constante transformação da humanidade. O alicerce para um amanhã sólido é constituído com saúde, ciência, tecnologia, inovação e transformação.  

As tendências de futuro apontam que as relações entre empresas, colaboradores e consumidores acontecerão dentro de uma nova dinâmica no trabalho, resultando em uma sociedade mais justa e preparada, já denominada 5.0. 

A ideia é mostrar caminhos possíveis durante o 14º Concred. Eles ajudarão a construir um futuro verdadeiramente inclusivo, com impactos positivos no planeta, partindo da conscientização social e ambiental. Sem desviar o olhar da inovação no uso da tecnologia para produtos e serviços, tudo em favor da melhoria da vida das pessoas. 

Essência humana 

Os reflexos da pandemia no âmbito corporativo, incluindo a adoção do modelo de trabalho remoto, trouxeram inúmeras novidades e adaptações para a população, com impactos mentais e consequências individuais e coletivas.  

É chegado o momento de lidar com os impactos dessa grande crise sanitária. A saúde, sem dúvida, é o mais urgente aspecto a ser discutido.  

Ao abordar esse eixo no evento, a Confebras pretende enfatizar que as organizações, em especial as cooperativas, não podem ficar alheias a esta condição. É imprescindível incluir em suas políticas de gestão iniciativas que valorizem o ser humano, ampliando o bem-estar e a qualidade de vida de seus colaboradores com foco no equilíbrio e na inteligência emocional. 

 

Leia também os detalhes dos eixos Cenários Globais e Ambidestria Organizacional, aqui no blog.

Não perca a chance de mergulhar nesse conteúdo tão rico e imperdível! 

Garanta sua vaga no congresso, acesse a página de inscrições ou navegue pelo site completo para se preparar cada vez mais para a sociedade 5.0. 

Facebook
Twitter
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?

Receba nosso conteúdo por e-mail

Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS