fbpx

Cooperativas: instituições financeiras que empoderam e transformam vidas

Em mensagem comemorativa ao DICC 2022, presidente da Confebras, Moacir Krambeck, destaca contribuição das cooperativas de crédito para um futuro financeiro mais inclusivo e sustentável 

“Empodere o seu futuro financeiro com uma cooperativa de crédito”. A frase escolhida como tema do Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito 2022 vem com um convite para construirmos juntos uma sociedade mais justa, mais igualitária e mais inclusiva, oferecendo à população a oportunidade de fazer escolhas conscientes também financeiramente. Um convite para pessoas de todas as origens, etnias, raças. Brasileiros, americanos, africanos, espanhóis, indianos. Sempre com um propósito maior, como propõe a essência do movimento cooperativista, de trazer reflexos positivos em diferentes frentes e para todos. Mas como fazer isso na prática?

Empoderar uma pessoa significa conceder a ela ferramentas para exercer, de fato, o seu poder de escolha na totalidade, com o conhecimento necessário para que essa autonomia seja exercida com propriedade e segurança. Dessa forma, temos acompanhado transformações importantes na sociedade, em diversas áreas. Na discussão de gênero e de direito das mulheres, por exemplo, com o empoderamento feminino, dando a elas a voz e o protagonismo que lhes são de direto. Os desdobramentos e o impacto positivo desse processo, nós vemos inclusive no cooperativismo e no cooperativismo financeiro, com a presença e a liderança feminina fazendo a diferença de inúmeras formas.

Essa é a proposta, nós queremos ver cada vez mais pessoas líderes e protagonistas também na vida financeira, o que certamente vai abrir caminhos para a realização de projetos e sonhos em muitos outros campos. E nós, que já somos cooperativistas, sabemos que a decisão de fazer parte de uma cooperativa de crédito, de ser um cooperado, nos prepara para administrar bem o nosso dinheiro, estabelecer objetivo e metas, planejar para, então, realizar. Benefícios que vêm com educação financeira, atendimento personalizado e, claro, com democratização do crédito, taxas competitivas e recursos, inclusive tecnológicos, que trazem ainda mais segurança e facilidades.

Porque as cooperativas de crédito são instituições financeiras realmente diferenciadas. Elas oferecem todos os produtos e serviços disponíveis no mercado, mas fazem isso de uma maneira diferente. Têm como proposta promover inclusão financeira, sim, mas fomentando ao mesmo tempo a inclusão social e a preservação dos recursos naturais, mudando para melhor a vida de quem é cooperado, de quem trabalha em uma cooperativa, de famílias e comunidades inteiras. Uma transformação que ocorre de forma global, um verdadeiro processo de empoderamento coletivo, que vem a partir de atuação eficiente e responsável.

Nossas cooperativas querem oferecer as melhores soluções financeiras, e fazer isso pautadas em um processo de desenvolvimento que seja amplo, com um olhar atento à sustentabilidade dos negócios, do meio ambiente, das relações e da sociedade como um todo. O modelo cooperativista já traz como valor e princípio o propósito de promover transformações positivas na forma de fazer negócios, de trabalhar, de consumir. E é justamente por isso, por pautar suas ações na união, com inclusão e diversidade, que hoje mais de 13 milhões de brasileiros já fazem parte de uma cooperativa de crédito, diretamente, e escolheram tornar-se cooperados por todos os benefícios financeiros e, também, por ser o cooperativismo um movimento que trabalha realmente para mudar para melhor, e na prática, a vida das pessoas, das gerações de hoje e das gerações futuras.


*Moacir Krambeck

presidente da Confebras

 

Facebook
Twitter
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?

Receba nosso conteúdo por e-mail

Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS