fbpx

Cooperativas podem se destacar em prêmio internacional de sustentabilidade

As cooperativas brasileiras promovem negócios sustentáveis em todos os ramos em que atuam e têm ajudado a economia a crescer com responsabilidade ambiental e impacto social nas comunidades. Esses diferenciais das coops podem ganhar reconhecimento internacional no Prêmio à Melhor Iniciativa no Setor Agropecuário, promovido pela Fundación MAPFRE.

A iniciativa da multinacional espanhola foi criada para reconhecer projetos do agronegócio global que se destacam pela inovação e garantia de sustentabilidade a longo prazo, favorecendo o desenvolvimento de um modelo econômico mais competitivo, sustentável e equilibrado.

As cooperativas estão entre as organizações que podem concorrer ao prêmio e, de acordo com a diretora de Sustentabilidade e Fundación MAPFRE no Brasil, Fátima Lima, têm tudo a ver com a história da companhia especializada em seguros.

 

“O cooperativismo faz parte da essência da MAPFRE e remonta ao início de nossas operações na Espanha, em 1933, quando proprietários de pequenas áreas agrícolas se uniram para oferecer assistência a trabalhadores. E é um sistema econômico que vem ganhando espaço em nossa sociedade, principalmente por seu conceito básico de cooperação entre um grupo de pessoas com foco não no lucro, mas no bem-estar de todos os integrantes”, afirma.

 

Entre os critérios avaliados pelo Prêmio à Melhor Iniciativa no Setor Agropecuário estão a contribuição do projeto para a atividade econômica do território onde é desenvolvido; a sustentabilidade nos aspectos econômico, ambiental e sociocultural; a contribuição para a empregabilidade, incluindo os grupos em risco de exclusão social ou qualquer tipo de discriminação; a existência de um plano de gestão de riscos; e o apoio de instituições locais, regionais ou nacionais que respaldem a proposta.

Segundo Fátima Lima, por terem uma estrutura que naturalmente promove a solidariedade, a participação democrática e a ajuda mútua, as cooperativas têm grande potencial para se destacar em todos os critérios. A iniciativa vencedora receberá 40 mil euros e uma viagem à Espanha para participar da premiação em uma cerimônia de gala.

 

“As cooperativas trazem muitos avanços sociais nos ambientes onde estão inseridas. No setor agropecuário, levam modernização ao campo, abastecem os lares brasileiros com alimentos e contribuem diretamente para a economia do país”, pondera a diretora de Sustentabilidade.

 

As coops financeiras apoiam o agro sustentável 

As cooperativas agropecuárias brasileiras são responsáveis por cerca de metade da produção nacional. As coops produzem 75% do trigo, 52% da soja, 55% do café, 46% do leite, 53% do milho, 35% do arroz, 43% do feijão e 50% da proteína suína produzida no Brasil.

De acordo com o Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2023, as 1.185 cooperativas do ramo agropecuário reúnem 1 milhão de cooperados, geram 250 mil empregos e movimentam R$430 bilhões na economia.

O cooperativismo financeiro está diretamente ligado a esses resultados pela intercooperação com as coops do campo. Ao contratar produtos e serviços em uma cooperativa financeira, os cooperados contribuem para financiar outros produtores, bem como negócios locais, movimentando a economia, gerando emprego e renda e desenvolvimento das comunidades.

Com relacionamento próximo aos cooperados e postos de atendimento espalhados em todo o país, as cooperativas financeiras operam recursos do Plano Safra, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e oferecem linhas de crédito específicas para o desenvolvimento de projetos sustentáveis no agronegócio.


Serviço 

Prêmio à Melhor Iniciativa no Setor Agropecuário, promovido pela Fundación MAPFRE

Inscrições: até 31 de maio de 2024 no site da Fundación MAPFRE

Podem concorrer: produtores agropecuários ou agroindustriais, independentemente

de sua organização e/ou forma jurídica, de projetos individuais ou familiares a cooperativas e associações, que se destacam pela criação e implementação de

iniciativas inovadoras, seja na produção, transformação e/ou comercialização de seus

produtos durante os dois últimos anos.


 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn

O que você achou desse conteúdo?

Receba nosso conteúdo por e-mail

Confira, em primeira mão, todas as novidades, notícias e informações sobre o universo do cooperativismo.
©CONFEBRAS | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS