Escolha uma Página

A educação financeira é importante para todos e, em tempos de pandemia, se mostrou essencial para o enfrentamento da crise e a conquista do equilíbrio no orçamento familiar. A economia doméstica deve começar dentro de casa, com os pais mostrando aos filhos a importância de poupar. E esse ensinamento ganha ainda mais força com a inclusão recente desta temática na Base Nacional Comum Curricular, a BNCC.

O tema cidadania financeira nos remete ao trabalho da Associação de Educação Financeira do Brasil. A entidade desenvolve e opera nas escolas projetos sobre o uso consciente do dinheiro, desde 2012. Para isso, utiliza metodologias de capacitação para diferentes faixas etárias e níveis de escolaridade, além de produzir lettering para materiais audiovisuais e outros conteúdos.

Segundo a superintendente da Associação de Educação Financeira do Brasil, Claudia Forte, não se pode esquecer que esse é só o começo de uma longa caminhada. “Para universalizar o ensino da educação financeira, precisamos de atenção especial ao professor, capacitando-o para que ele possa incluir o tema em suas aulas e consiga ampliar a formação do aluno, que ganhará mais autonomia nas decisões relacionadas ao dinheiro”.

Durante a 7ª Semana Nacional de Educação Financeira, a AEF-Brasil está participando de várias iniciativas online e uma ação de entrega de livros e materiais em escolas do interior da Paraíba, além do lançamento do livro Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF) – Em busca de um Brasil melhor.

A programação da Semana ENEF segue até este domingo (29) com atividades incluídas por vários organizadores e instituições: palestras sobre educação financeira e investimentos, planilha de controle de gastos e análise de crédito ou conteúdos ricos – como o e-book “Aumente o caixa do seu negócio reduzindo a inadimplência”. Os materiais do projeto CooperaEduca em Casa, da Confebras, voltados ao público infanto-juvenil, também foram disponibilizados na grade da Semana. A programação completa pode ser conferida aqui.

Promovida pelo Fórum Brasileiro de Educação Financeira, a Semana ENEF busca incentivar práticas financeiras conscientes, responsáveis e autônomas junto a diversos públicos. Uma oportunidade para que cada cidadão encontre os caminhos para superar momentos de crise. A edição de 2019, reuniu mais de 14 mil ações, alcançando mais de 70 milhões de pessoas em todo o Brasil, onde cerca de 80% dessas ações foram realizadas pelas cooperativas de crédito.

Aproveite e confira a entrevista exclusiva que a superintendente da AEF-Brasil, Claudia Forte, concedeu para a Confebras.